Pinturas de retratos a pastel seco. Curso grátis




.

 

 

Beyonce

Retrato a lápis Catharine e Michael Douglas

Retrato a lápis Catharine e Michael Douglas

Desenho e pinto o seu retrato a partir da sua fotografia, basta enviar uma foto por carta ou email e receberá em casa em um prazo de 05 a 15 dias o seu desenho. A qualidade da foto é muito importante para que o artista possa extrair todos os detalhes e traços faciais necessários para a execução do trabalho. O desenho é feito em papel Winson & Newton 60 lbs, 130 grm, A2, medida 59 x 42 cm de excelente qualidade.Você recebe um email com a fotografia do desenho “pronto” para que possa avalia-lo e aprova-lo para o envio. Para efectuar a encomenda é necessário um sinal de 20% do valor total, o restante será feito no correio no acto do levantamento. Valor total 65 euros a lápis carvão e 110 euros a côres pastel ou aquarela.. Satisfação garantida! Você terá direito caso esteja interessado, ao curso gratuito ” Aprenda a desenhar retratos a lápis” que está sendo administrado por mim em meu site. Aproveite já. Imortalize quem você gosta através da arte! Não deixe para amanhã o que você pode fazer agora. Para informações mais detalhadas, visite o meu site:
http://www.anildo-motta.com/
veja o vídeo de apresentação, http://br.youtube.com/watch?v=mMVVvvGlitw
Aulas: http://www.youtube.com/watch?v=K1DzE0Uh3Pc&feature=player_embedded




CURSO GRÁTIS

           
                                Anjelina Jolie

Angelina Jolie pintura com aquarelas

Angelina Jolie pintura com aquarelas

 

Pintura a pastel seco patrick dempsey

Pintura a pastel seco patrick dempsey

 

Pintura a paste seco Brad Pit

Pintura a paste seco Brad Pit

Brad Pit
.

Retratos a pastel seco



Quando comecei a pintar com pastel seco, já possuía uma longa experiência profissional no óleo sobre tela e no desenho de retratos a lápis carvão. Na realidade para fazer um resumo do meu trajecto pela arte. Comecei trabalhando mais a sério, com uma atitude mais profissional, a partir dos 17 anos, quando participei pela 1º vez de uma exposição colectiva em Salvador, Bahia, Brasil. Na altura o trabalho que fiz para essa exposição tratavas-se de 2 nus femininos, um dos quais foi vendido por um bom preço, fazendo-me acreditar que aquele era o meu caminho, e que não deveria mim aventurar em nenhum outro trabalho que não estivesse relacionado com as artes.

Sempre fui defensor da ideia de que “quem trabalha demais não tem tempo de ganhar dinheiro”, é uma filosofia inerente ao povo baiano. Essa filosofia explica porque há tantos artistas na Bahia distribuídos em varias áreas artísticas, seja música, pintura, teatro…etc. O povo baiano é por natureza apaixonado pela liberdade. Portanto naquela altura depois de ter vendido o meu 1º trabalho, mesmo sabendo da possível dificuldade que iria ter na profissão de artista, acreditava que por mais difícil que fosse, haveria a paixão pela arte e pela liberdade que compensaria toda a possível dificuldade. Embora não tenha passado por isso, muito pelo contrário, sempre ganhei bem mais do que ganharia se fosse um simples empregado.

A partir desse momento comecei a comprar livros referentes a pintura a óleo, e observa já que era muito comum encontrar artistas baianos trabalhando ao ar livre. passado alguns meses estava realizando exposições individuais em vários centros comerciais de Salvador, que facultavam sem nenhum problema, espaço para manifestações artística. Até hoje, não só no Brasil, mais em todo mundo principalmente na Europa, os artistas dispõe dessa liberdade, por se tratar de uma profissão poética e que se destaca das demais pela sua liberdade e sensibilidade humana. Quero dizer com tudo isso, que você terá varias hipóteses de expôr os seus trabalhos, só bastando usar um pouco da sua imaginação. Sem levar em conta esse grande instrumento informático chamado Internet.

Ok, agora acabando esse resumo tão longo que já deve esta te chateando, vou adiantar revelando que só passado mais de 10 anos é que experimentei pela 1º vez o pastel a seco.
Estava trabalhando em Lisboa quando conheci um artista que trabalhava na rua Augusta pintando retratos a pastel e possuía um trabalho fantástico. Fazer retratos a pastel seco era a sua técnica preferida e já bastante desenvolvida na altura. A partir desse momento comprei um livro relacionados a essa técnica e tive algumas conversas com ele referente aos retratos, a partir desse momento comecei a minha nova modalidade artística.

Há 2 tipos de pasteis, o seco e o pastel a óleo. Quanto ao pastel a óleo, procurei descartar pelo fato de ser mais sujo e pastoso que o pastel seco. O pastel seco resumisse em um giz de qualidade extra fina permitindo uma mistura perfeita de cores e uma aplicação bem mais suave que o pastel a óleo.
Para se trabalhar com esse material, o papel utilizado é muito importante, tem que ter uma boa qualidade. Costumo utilizar o papel Canson Mitentes, depois de ter testemunhado varias vezes em vários países, artistas utilizando esse papel. Em Paris, na Montmartre, o paraíso dos artistas, é bem fácil fazer uma pesquisa referente aos melhores materiais para todo tipo de pintura, já que Paris é para mim, é o berço das artes mundiais, sendo possível encontrar artistas de todo o mundo. Eu simplesmente quando mim encontro em Paris sinto-me um “”peixe dentro d’água”.
Ok, voltando para o papel, depois de te-lo a sua disposição, você deve efetuar o esboço de forma normal como de um retratos a lápis se tratasse, procurando evidentemente não perder tempo com sombras e luzes já que esse será o trabalho do pastel, você deve fazer apenas as linha que definem o rosto.
Depois desse processo, coloco a 1º base de pastel que resumirá a tonalidade total do rosto, geralmente um laranja muito claro que depois será misturado com cores tipo carmim e sienas.
Um retrato a pastel quando está sendo executado, depois de concluído a metade do trabalho dar uma sensação aos menos informados que tem tudo para ficar um trabalho grosseiro e indelicado. O segredo está no uso do melhor pincel existente no mundo. “Os dedos” Por incrível que pareça quando começamos a borra com o dedo a pintura, evidentemente de forma suave e experiente, começa a surgir os efeito inerentes ao pastel, suaviza o trabalho e da um efeito aveludado a pele do rosto. Espero que essa leitura venha trazer ao caro amigo(a) o incentivo para desenvolver essa técnica que é muito interessante. Pretendo bem mais a frente escrever um livro ensinado a pintar a pastel, Obrigado pela atenção de vocês e desejo boa sorte a todos.

Anildo Motta

PÁGINA SEGUINTE…  http://anildomotta.blogspot.com/search?updated-max=2010-05-22T08%3A25%3A00-07%3A00&max-results=1

              

                  

ENSINAR É APRENDER DUAS VEZES!
OBRIGADO!
Se concorda com a importância e valor didático desse site contribua para o seu
crescimento e manutenção com uma pequena contribuição. Obrigado e até a próxima aula.
DIVULGUE. OBRIGADO!